Neurofeedback


May 17, 2020

Trata-se de um método terapêutico não invasivo, indolor, e que permite ao indivíduo obter informação sobre a atividade dos seus próprios ritmos cerebrais, usando ao mesmo tempo essa informação para produzir alterações nessa mesma atividade.

Envolve a autoaprendizagem, por parte do paciente, de como modificar a atividade das suas ondas cerebrais, com o objetivo de:

  • Melhorar a atenção/concentração
  • Aumentar as competências cognitivas
  • Melhorar a aprendizagem escolar
  • Diminuir a ansiedade
  • Diminuir a agitação motora
Marcações e Informações: