O SONO | Aproveitar as férias para a tão luxuosa sesta, sim ou não?


Jul 25, 2018

O dia-a-dia das nossas crianças é alucinante, cheias de ocupações, atividades e muitos afazeres e atualmente questiona-se sobre a importância das sestas e do tempo que elas têm para repor as energias necessárias para um dia em pleno.

Mas afinal, sestas sim ou não?

Todas as crianças são diferentes e algumas precisam de dormir, outras nem sequer precisam desse reforço durante o dia. A sesta de facto é importante para repor energias e sabemos que há espaço para tudo, para brincar, dormir e socializar.

O sono é importantíssimo para o desenvolvimento cognitivo e essencial para a sociabilização das crianças.

A Sociedade Portuguesa de Pediatria refere que a curto prazo, a privação do sono na criança passa por distúrbios na modulação do humor e dos afetos, por perturbações da função neuro-cognitiva e alterações de comportamento.

A sesta é uma escolha dos cuidadores, escolas ou comunidade onde estão inseridas e como sabemos existem muitas crianças que não dormem bem de noite ou horas suficientes e precisam dessa compensação.

Partilhamos com vocês o que a Academia Americana de Medicina do Sono recomenda e estabelece períodos mínimos e máximos para cada faixa etária.

Recomendações de sono:

– Dos 4 aos 12 meses: 12 a 16 horas por 24 horas (incluindo sestas)

– De 1 a 2 anos: 11 a 14 horas por 24 horas (incluindo sestas)

– Dos 3 a 5 anos: 10 a 13 horas por 24 horas (incluindo sestas)

– Dos 6 a 12 anos: 9 a 12 horas sono noturno por 24 horas

– Adolescentes de 13 a 18 anos: 8 a 10 horas sono noturno por 24 horas

 

A falta de sesta é grave tão como não ter uma alimentação equilibrada. Aproveite as férias para repor os horários do sono e energias. As crianças estarão mais bem-dispostas e a família aproveitará melhor o seu tempo.

Boas férias!